Papo Carregado com Empresário Indiano Pramod Ashok Asija ( Andy Júnior)

CBA: Para que as pessoas conhecem um pouco de si, descreva-se resumidamente, quem é o Andy  Jr. afinal de contas?

Andy Jr.: Andy Jr é nascido na Índia e mudou-se para Hong Kong aos seus 5 anos de idade. Viveu em Hong Kong durante 15 anos antes de terminar a sua formação em Hotel e Turismo na Austrália. Trabalhou no Dubai Grand Hyatt antes de se mudar de volta para Hong Kong onde seu pai mandou-lhe para Angola para que ele pudesse se juntar ao seu negócio. Como pessoa ele é focado, adora novos desafios  para que possa sempre aprender mais do que aquilo que ele já sabe. Acredita que a oportunidade é tudo que nós precisamos porque todos nós nascemos com um talento que serão bem dirigidos que os acharmos.

CBA: Há quanto tempo trabalha nesse ramo? O que o motivou a trabalhar nessa área?

Andy Jr.: Comecei a trabalhar por volta de 12 anos atrás. O meu pai sempre trabalhou nesse ramo e eu o admiro muito, e fui impulsionado a continuar a carregar o seu legado.

CBA: Fez alguma formação para trabalhar nesse ramo? Se sim, poderia dizer- nos onde?

Andy Jr.:  Não, não tenho nenhuma formação nesse ramo, é só a coragem e a força de aprender tudo sobre o ramo. A melhor maneira de se aprender é praticar sempre.

CBA: O que gostaria de fazer para além do que faz?

Andy Jr.: Profissionalmente ponho-me sempre a prova para outras áreas para saber resolver problemas quando eles surgirem. Não que eu goste de problemas mas eu gosto de aprender com eles. Pessoalmente passo mais tempo com a minha família para puder ter balanço da vida.

CBA: Como descreveria o ramo em que trabalha a nível internacional ou nacional actualmente?
Andy Jr.: Nacionalmente devidos às primeiras fundações estabelecidas pelo meu pai nós estamos melhor estabelecidos entre o grupo etário mais velho. Contudo muita gente associa-nos como uma marca cara. Nós estamos a tentar reposicionar-nos como uma marca de qualidade alta e encaixar-nós a um sector mais jovem porque as nova geração está sempre à procura de um lugar para que possam comprar um fato de boa qualidade.
Internacionalmente nós investimos em outros sectores tais como: indústria cinematográfica e pequenos hotéis boutiques ambos localizados em Mumbai. E temos os nossos escritórios que controlam todas as operações em Hong Kong.

CBA: Quais são as suas inspirações internacionais e nacionais?
Andy Jr.: A minha inspiração localmente é a nova geração, que está a construir o seu futuro do nada. Existe um grande fluxo de talentos em Angola, como eu disse tudo que nós precisamos é uma oportunidade. A fome é sempre maior quando és jovem para conduzir a tua motivação.  Se eu tivesse que escolher na nova geração seria: Erickson Mvezi, Vanilson Viega, Gomes Jr, Agnelo Henrique, Vítor Hugo Mendes, Gilmario Vemba. Nacionalmente das gerações mais antigas seria Thomas Faria o presidente do Petro. O tempo é a essência e a maneira como ele gerência é definitivamente inspirador. Também o meu padrinho João Freitas Neto que me tem ensinado muito na importância dum bom relacionamento com Deus e a nossa família.
Inspirações internacionais são atletas como : Leonel Messi e o Ronaldo. A arte de como se manter no topo. Porque chegar lá é uma coisa mas manter-se lá é quase impossível.
Outra pessoa que também nunca falha em me inspirar é a minha esposa. Muita das vezes nós homens sentimentos que temos muita responsabilidade, mas a verdadeira responsabilidade é das mães com a sua paciência com o amor incondicional. Porque para ser humano tens que ser mãe.

CBA: Poderia dizer-nos o nome de algumas figuras públicas angolanas que já trabalharam consigo?

Andy Jr.:  Já trabalhei com: Big Nelo, Tunezas, Cef, Lil Saint, Preto Show, Yola Araújo, Bv Magalhães Calado Show.

CBA: É muito caro o acesso aos seus serviços?

Andy Jr.: O preço mínimo dos nossos fatos são 130.000kz. Mas cerca de dois anos atrás eram 45.000kz.

CBA: Normalmente as pessoas tendem a desistir muito fácil, qual é o seu segredo para manter o foco?

Andy Jr.: O que me motiva a nunca desistir é a minha família.O meu pai sempre disse: Nunca irás perceber se não tiveres um filho. Hoje consigo perceber o que ele me quis dizer, construímos hoje para o amanhã deles.

CBA: Como era o Andy ontem. Como é o Andy hoje. E como acha que será o Andy?

Andy Jr.: Quando cheguei a Angola eu era imaturo e era menos focado nos meus objectivos. E um dia aconteceu que as pessoas que costumavam trabalhar pela minha raiva decidiram ir embora e esse dia mudou muito o meu ponto de vista de como eu devia levar a vida e de como estava na hora de acabar com a diversão. O Andy de amanhã, quer ser aquela pessoa que possa dar novas oportunidades aqueles que anseiam e ajuda a mudar a vida daqueles que precisam.

CBA: Algum conselho para as pessoas que vão ler esse papo?

Andy Jr.: Que todos nós temos os nossos erros mas não mudaria isso, porque aprendemos hoje a partir de ontem. Ser uma pessoa positiva é muito importante. Porque por vezes dizemos ou fizemos coisas que possam a vir a magoar outras pessoas que também nos podem magoar e acabamos sempre por construir uma energia negativa.

CBA: Alguma sugestão ou recomendação para a Carrega by Ac?

Andy Jr.:  Existem muitas pessoas com potencial, essa é uma das poucas maneiras que lhes ajudará a mostrar aquilo que elas são capazes. Deem-lhes também a oportunidade de vos mostrar isso.

 

IMG_5027

 

RAPIDINHA CARREGADA

 

IMG_2891

Nome: Pramod Ashok Asija ( Andy Junior )
Idade: 34
Profissão: Empresário.
Família : Mulher e duas bençãos.
Signo: Sagitário.
Cidade preferida: Madrid.
Comida preferida: Sushi.
Bebida preferida: Água e uma cerveja bem gelada.
Momento de mais alegria: Ter me tornado pai.
Livro preferido: Sydney Sheldon.
Estação fria ou quente: Quente.
Peça de roupa preferida: Camisola.

Marca: Zara, Gucci, Purificação Garcia, etc.
Defeitos: Impaciente.
Qualidades: Determinado.
Cor preferida: Azul.
Raso ou salto: Raso.
Acessórios preferidos: Relógio.
 O que não pode faltar no seu closet: Camisa branca.
Maior realização: Desfile da Boutique de 10 anos e o desfile da Vieg Yuro.
Pessoa que mais admira: Meu pai.
Religião: Evangélico.
 Lição mais importante que a vida ensinou: Quando fiquei doente de malária, não dei importância a doença e quase morri.
O que mais gosta e o que mais detesta: O que eu mais gosto é de uma boa conversa. E o que eu mais detesto são mentiras.
 Barulho ou silencio: Silencio.
Restaurante ou bar: Restaurante.

 

Carrega gente … Não Custa nada

XOXO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s