Style of a Mother Fashionista: Say bye to pregnancy and say welcome for Júnior.

Oi gente, hoje vamos carregar o último capitulo da nossa serie carregada: Style of a Mother Fashionista. Então pessoal, hoje é um dia muito feliz porque finalmente poderei falar -vos do meu penúltimo e ultimo mês da gestação do meu primogénito, mas ao mesmo tempo triste porque a gestação acabou. Mas vocês podem rever toda nossa serie carregada aqui no blog 😀

As fotos são de autoria do fotografo do Botswana Jordan Indigo e o styling é by me (Acelga Esteves).

dsc_0714-copy

Os últimos dias são sempre muito tensos porque a dose de ansiedade é muito alta. Então no oitavo mês comecei a sentir as famosas contracções falsas (que não eram tão falsas assim porque meu pai quase morreu de ataque cardíaco de pensar que o Jr. nasceria sem a minha mãe estar por perto para me ajudar). Continuando, diverti – me bastante com as minhas consultas médicas ( certeza absoluta que o Dr Eaton nunca teve uma paciente tão descontraída como eu). As roupas parecem que encolheram todas. E o peso só aumentando, eu e a balança uma história de amor e ódio. Dormir?????? O que é isso????????? Esqueçam …. Mas mesmo sem conseguir uma boa posição para dormir, todas as noites por cima da minha banca não poderia faltar Yogurtes, frutas e bolachas.

Andar, aquela que parecia ser uma tarefa fácil tornou – se um desafio. Cozinhar com 8 meses, com um barrigão, perigoso mas possível. Os oito meses passaram voados. Mas não tão voados. Completei 8 meses final de Novembro. Agora vêm as melhores partes.

dsc_0712-copy

O caminho para os 9 meses foi intenso, eu super ansiosa Jr. mexia o dia todo, o incrível é que o Jr. as vezes mexia em lugares nada a ver e em casa ficava super quieto. A noite gostava de acordar de madrugada e ficar a mexer ou seja estragar o sono que eu já não tinha. Nesses momentos eu pegava o yogurte que ficava na banca e dava lhe ou comia uma fruta, assim o jovem comia e dormia. Mas todos dias a partir das 5 ou 6 h Jr. começava a mexer de novo, ai eu levantava da cama e ia tomar pequeno almoço. Esqueci me de contar – vos nos capítulos anteriores que sempre uma semana antes de eu completar meses de gestação eu dormia parecendo alguém que tomou sonífero e vou vos confessar agora que o Jr nasceu ele faz isso todo mês também.

DSC_0588 copy.jpg

Eu coloquei na minha mente que o Jr. nasceria no Natal altura em que completaria  9 meses mas, isso não aconteceu, infelizmente … Eu pensei que caso ele nascesse no Natal seria uma mais valia para ele e uma economia para os nossos bolsos. Enfim …

Pois quando faltavam uma semana para o Natal minha mãe chegou cheia de coisas para o Jr. ( pois minha mãe passava o tempo todo a dizer não compra nada afinal ela estava a comprar tudo ). Prontos junto com a mama vieram presentes do Jr enviados pelas minhas amigas, amigos , parentes e um kit super fofo enviado pelo Luanda medical Center, fiquei babada uma coisa mais fofa do que a outra e nem sabia que poderia ir para la e comprar la o enxoval do meu bebé. Mamães fica a dica. E Luanda Medical Center well done, muito obrigado.

DSC_0587 copy

Com as correrias do Natal quase me esquecia que estava grávida, mentira, era impossível com um barrigão . Entretanto, caminhava todos dias, quando não pudesse ir caminhar, subia e descia 10 vezes as escadas cá de casa e prontos. Eu perguntava todos dias na minha mãe como é que tinha sido as gestações dela. Se haveria de doer muito era já muita pergunta toda hora mas, a minha mãe não maiava respondia todas. Eu comia bwé. E claro urinava por segundo, nunca mijei tanto em toda a minha vida. O jr, sabendo que ao nascer beberia apenas leite, decidiu não nascer no Natal para poder comer o Perú. Dito isso, a quando da chegada do ano novo voltou a ter a mesma visão não nasceu porque queria comer o cozido a portuguesa.  Pois é pessoal, lado bom de ser mãe no Natal, todos presentes que recebi foram para o Jr. Mas sem estresse a vida continua …

DSC_0600 copy

No dia 6 de Janeiro, depois do ano novo fui ao médico para consultas de rotina, mas dessa vez já não fui tão feliz porque o Jr tinha de nascer ao mais tardar dia 6. E para o meu azar o médico mandou me exames médicos e esses exames acusaram anemia e a minha pressão arterial estava muito alta, faltando muito pouco para ter meu filho nos braços, eu estava a correr o risco de perder ou a minha vida ou a do Jr. Mas nada é impossível quando temos Deus nas nossas vidas. O médico decidiu esperar um final de semana para ver se a situação melhorasse, foi tenso esse final de semana todo mundo se olhava na cara minha mãe super protectora a frase dela era ninguém estressa a miúda. Baixamos a tensão com coisas naturais bebi 3 litros de agua por dia, bebi chá de gengibre, sumo de couve e cortei a manteiga e tudo que tinha gorduras radicalmente. Quando voltei segunda para medir a tensão ela havia baixado muito. Na graça do Sr. meio caminho andado, só faltou a anemia, para a anemia, tomei chá de Malva e Santa Maria, duas vezes ao dia. Na mesma semana o Jr. completou 41 semanas , eu não tinha mais nenhum sinal de parto, meu peso triplicou, eu mal conseguia andar, eu que controlei as minhas estrias a gravidez toda, assustei estava cheia de estrias ao redor do umbigo. Naquela semana teria  de voltar na sexta feira para uma consulta com médico mas pelas circunstâncias decidi voltar na quarta para conversar sobre essa demora. Perguntei ao médico se essa demora não seria prejudicial para mim ou para o bebé. Ele disse – me que na aquela semana ainda estava tudo bem mas a partir das 42 semanas tanto bebé como a mãe estão em risco. Então pedi – lhe para induzir  – me o parto na sexta – feira ele disse não porque não havia nenhum motivo para tal e caso algo corresse mal o responsável seria ele. Então marcamos a Indução para segunda – feira .  O plano era sempre tentar algo mais favorável a indução, caso não desse certo eu iria para bloco de emergência e faria cesariana.

DSC_0597 copy

Depois acabei sendo internada mas enfim … O parto do Jr foi induzido na graça de Deus pai correu tudo bem. Introduziram – me os medicamentos dia 16 de Janeiro pelas 8 h e no dia 17 de Janeiro pelas 8. 45 min da manhã no Gaborone Private Hospital  ( Gaborone, Botswana) nasceu o meu primogénito Alexander Loth Esteves Castro, com 3.440 gr. Já vos contei que o Jr é Júnior porque o Sénior dele é o meu pai Sr. Loth. Agora sou mãe do meu pai.

Assim mesmo vocês pensaram que acabou vou recuar a cassete …

Fiquei o dia 16 todo no hospital deitada na cama sem nada para fazer dores nada, A mamã passou dia lá comigo. No final do dia foram todos visitar – me no hospital e passar com o Jr. seus últimos momentos dentro da barriga.  De noite quando todos foram para casa, jantei, fiz as minhas orações e as 3 da madrugada senti pequenas dores e uma vontade enorme de defecar, fui ao banheiro e as fezes saíram pretas.  Fui acordar a enfermeira mas ela estava num sono tão profundo que olhava para mim mas voltava a dormir. Liguei para a minha mãe, e expliquei lhe o que estava sentir, ela me disse fica calma eu e o teu pai estamos a caminho, vai chamar a enfermeira. Quando eram 4 horas as dores estavam a aumentar progressivamente, a minha mãe ainda não tinha chegado, a enfermeira ainda não tinha acordado. Às 5 h, mamã chegou ao hospital as contracções já estavam a querer me dar carga, fui tomar banho com a ajuda da minha mãe. Depois a enfermeira pós – me um cristel para limpar os intestinos e fui ao banheiro depositar quase um kilo de fezes lol, todas pretas.  Depois disso, a dança começou a ficar bem acelerada ligaram para o médico. Perguntaram – me se eu não queria nada para acalmar a dor eu armada em super mulher disse não. Não demorou muito as dores começaram a dar carga a sério. O meu médico chegou por volta das 7 h no hospital, observou me e disse que a vagina já havia começado a dilatar e nessa altura voltaram a ligar a máquina para ver os batimentos cardíacos do bebé e vou vos confessar o Jr. detestava essa maquina. Assim só que me meteram deitada e ligaram a maquina as contracções pioraram. Aí já não havia como estava a entrar oficialmente em trabalho de parto.

DSC_0598 copy

Quando as dores ficaram insuportavelmente fortes, chamei a enfermeira e pedi alguma coisa para acalmar as dores, ela deu – me um gás. Quando as contracções chegassem super fortes eu inalava aquele gás e a dor não acabava claro, mas dava a ilusão que a dor vinha numa proporção menor da que eu estava a sentir. Com dores cada vez mais insuportáveis chamei o médico. Eis que o mesmo me diz que só tinha 8 de dilatação que faltavam 2 dedos para eu ser paciente, mas como faltava muito pouco furou a bolsa de água. Eu perguntei na minha mãe e agora? Minha mãe disse como as dores estão muito fortes o mais certo seria o dr cortar um pouco. Peço para o Dr me cortar ele diz me que não, para eu esperar. Volto a perguntar na minha mãe e agora : A minha disse espreme na mesma o bebé vai sair, vai cortar sozinho depois médico coze. Então assim o fiz … tentei a primeira vez nada …. tentei a segunda saiu a cabeça, na terceira saiu o resto do corpo.

Momento mais emocionante da minha vida.

dsc_0645-copy

A gravidez mudou a minha maneira de ver o mundo, porque na verdade somos todos egoístas até que começamos a dividir tudo que temos com alguém que colocamos nesse mundo sem saber e tem a nós como pessoa confiável mesmo sem ter recebido referência de alguém.

É mágico é emocionante e em encorajador, hoje entendo as mulheres que após o nascimento dos seus filhos preferem ficar sozinhas do que viver um relacionamento quase sem futuro, eu inclusive se necessário tomarei o mesmo rumo. Porque já não se trata do que é melhor para mim e sim do que é melhor para o novo ser que precisa assim como eu um dia tive, uma chance de viver.

Compreendo também as mulheres que por alguma razão praticam aborto e as pessoas que aconselham tais pessoas a tomar tais atitudes. O ditado não tem cão caça com gato não é aplicável na prática . Durante a gravidez as despesas são tão grandes tanto quanto a do parto e pós parto e durante a vida. Filho é um investimento, se sabe que não é capaz não insiste. Filho é algo intransmissível você fez você cuida, algumas vezes por razões de força maior outras pessoas passam a cuidar dos filhos dos outros. Mas, deixo um conselho faça o seu filho e seja você o pai ou mãe do seu filho, caso contrário faça abstinência ou use algum contraceptivo.

DSC_0631 copy

Para finalizar gostaria de falar – vos algo que a Sra que trabalha na casa do meu pai disse – me, quando voltou das férias dela (Natal e Ano novo) e viu que eu ainda não havia tido o bebé (nessa altura eu estava com 41 semanas), um dia quando me encontrou triste quase a chorar pela demora do nascimento, nunca me vou esquecer, porque me arrependi de muita coisa que fiz durante a gravidez até mesmo de ter criado essa série STYLE OF A MOTHER FASHIONISTA. 

Ela me disse o seguinte: A gravidez é realmente uma fase muita linda na vida de uma mulher. Mas, muitas pessoas aproveitam – se dessa fase para fazer mal à outras pessoas. Principalmente no momento do parto. Você começa com complicações e vai achando que é normal mas afinal não é bem assim.  Entretanto, para nos africanos é pior ainda e todo cuidado é pouco. 

Por razões de força maior não posso escrever o resto do que ela me disse. Mas espero que essa série sobre a minha gravidez tenha ajudado ou sido uma boa companheira para vocês e que Deus abençoe a todas carregadas mães, as gestantes e as que por algum motivo ainda não  são mães mais têm um coração de mãe batendo dentro delas.

Nascemos sem pedir e morremos pelo simples facto de um dia termos nascido. 

A Vida continua …

 

One thought on “Style of a Mother Fashionista: Say bye to pregnancy and say welcome for Júnior.

  1. Só para dizer… o MELHOR de todos os posts carregados!!!
    Escreveste com o coração!!!
    Parabéns ao amadurecimento que te trouxe a Maternidade … filho és pai serás!
    Bem vinda ao Club!!!
    Gostei da série e como fechaste ainda mais!
    Boas

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s