Papo Carregado com Lukkaz DK

Oi gente, hoje vamos bater um papo com um modelo angolano super carregado, eu não sei se vocês conhecem. Caso não, vamos lá aproveitar e conhecer esse jovem talentoso.

Dito isso, vamos carregar …

Convidei o Lukkaz para bater esse papo connosco por duas razões sigo o trabalho dele e gosto, transmite qualidade, respeito e da vontade de querer saber mais do que ele faz. Fora isso, também mostra que é uma pessoa muito séria, posta em seu Facebook pessoal apelos para sociedade de forma a mostrar alguns dos muitos valores morais essenciais e que hoje andam meio transparentes. Ele é sem sombras de duvida uma fonte de inspiração para muitos jovens angolanos que têm tudo para dar certo mas lhe falta coragem para arriscar. Sem mais demora, espero que gostem do papo …

537117_659338424125991_831974066_n

O blog está ligado a moda e por essa a razão o Lukkaz DK foi escolhida para bater um PAPO CARREGADO connosco.
CBA: Diga – nos qual é a sua ligação com a moda?
Lukkaz: Sou modelo.

CBA: Resumidamente, quem é o Lukkaz DK afinal de conta?
Lukkaz: É um jovem versátil e humilde, que segue carreira como modelo freelancer. Gosta de ouvir boa musica, ver um bom filme e estar com os amigos nos tempos livres. Formado em Engenharia Informática e Telecomunicações, leva a vida conciliando as 2 profissões.

CBA: Qual a sua maior qualidade?
Lukkaz: Humilde.

CBA: É bom de garfo? Gosta de cozinhar?
Lukkaz: Sou bom de garfo mas não sei cozinhar ainda, estou a aprender.

CBA: E o seu maior defeito?
Lukkaz: As pessoas dizem que sou muito exigente e teimoso.

CBA: O que é que o Lukkaz mais gosta e o que mais detesta?
Lukkaz: Não saberia dizer o que mais gosto por ter um universo diversificado de coisas que muito gosto, mas posso adiantar que detesto a falsidade.

1972283_469794773163531_7704821417143827503_n

CBA: O que é que o carregado não faria por nada?
Lukkaz: Me vender por de dinheiro ou fama.

CBA: O que é que mais gostaria de fazer para além do que faz na moda?
Lukkaz: Fazer fotografia de moda como profissional (Fotografo). Fascina-me o mundo da fotografia.

CBA: Porquê moda e não outra coisa?
Lukkaz: Na verdade não faço apenas moda, exerço 2 profissões que muito gosto. Divido o tempo entre o meu trabalho diário como Engenheiro Informático e modelo freelancer.

CBA: Como o Lukkaz descreveria a moda internacional e a angolana atualmente?
Lukkaz: Posso fazer essa descrição comparando dois telefones “Iphone 6” e “Nokia lanterna”, ambos cumprem os objetivos principais da sua natureza (comunicação) mas um oferece mais recursos, opções, diversidade e etc… tudo isso é uma questão de evolução, o talento nos temos, falta o investimento para que as pessoas ligadas a moda possam viver disso.

CBA: Cite 3 nomes da moda angolana que admira o trabalho que fazem.
Lukkaz: Maria Borges, Sharam Diniz e Fredy Costa.

CBA: Considera – se um fashionista?
Lukkaz: Até certo ponto, as vezes abuso da criatividade na hora de se vestir.

CBA: Considera – se famoso?
Lukkaz: Não.

10649911_467341080075567_7639764887195594913_n

CBA: Quais são as suas inspirações internacionais e angolanas?
Lukkaz: Internacionais (David Gandy e Rob Jamas Evans)
Nacionais (Fredy Costa e Igor Benza).

CBA: Tem algum sonho com relação a moda, que gostaria muito de realiza – lo?
Lukkaz: Sonho não digo, mas ganhar o reconhecimento a nível internacional deve de certeza ser uma ambição de todo modelo e comigo não é diferente, dou graças a Deus por estar a conquistar o meu espaço e a cada dia conquistar um novo público.

CBA: Normalmente as pessoas tendem a desistir muito fácil, qual é o seu segredo para manter o foco?
Lukkaz: Foco.

CBA: Como define o seu estilo?
Lukkaz: Depende muito do dia. Tenho 2 estilos basicamente, o clássico em dias normais de trabalho (segunda a sexta) e o despojado aos finais de semana.

CBA: O que pensa na hora de se vestir?
Lukkaz: No senário que vou encontrar caso esteja de saída. É importante estar vestido de acordo ao meio e situação.

CBA: Qual é o seu critério na hora de comprar alguma roupa ou calçado ou acessório ?
Lukkaz: Por norma faço sempre a relação “preço-qualidade” e penso muito nas possíveis combinações com outros acessórios.

CBA: Defina o seu closet .
Lukkaz: Diversificado, permite criar variações de acordo a cada situação, é preenchido maioritariamente por roupa clássica mas ainda assim permite-me criar diferentes estilos.

CBA: Qual a maior loucura fashion que já fez?
Lukkaz: Não sou muito de loucuras, devido a minha forte timidez diria que a maior loucura foi desfilar de boxer em Portugal.

10419040_467511496725192_4022702266596608634_n

CBA: Marcas, o que significam na sua vida?
Lukkaz: Não tem um significado relevante na minha vida, são como os nomes, algumas são boas e outras nem por isso, mas tudo depende do gosto de cada um.

CBA: Que cores mais gosta de usar?
Lukkaz: Preto, branco e azul.

CBA: Prefere estações frias ou quentes? Porquê?
Lukkaz: Gosto de frio, detesto calor, principalmente na nossa cidade (Luanda) que vem acompanhado de pó.

CBA: Qual o seu acessório preferido?
Lukkaz: Anéis

CBA :O que é que não pode faltar na sua bolsa?
Lukkaz: Perfume.

CBA: O que é que não pode faltar no seu closet?
Lukkaz: Sapato.

CBA: Qual é o seu sonho de consumo?
Lukkaz: Ser feliz.

10295363_765789536814212_6827611644413009785_o

CBA :O que acha dos blogs de moda angolanos?
Lukkaz: Para ser sincero não tenho acompanhado de forma fiel o que acontece nos “blogs de moda angolanos”, logo seria precipitado dar um diagnóstico.

CBA: O que mais detesta na moda angolana?
Lukkaz: A moda em Angola ainda está no “cafrique”, a realização dos eventos de moda por norma ficam a cargo das agências de moda o que condiciona a participação de determinados modelos e profissionais. Detesto também a falsidade, intrigas e a anciã que muitos tem de querer aparecer sem esforço.

CBA: O que mais gosta na moda?
Lukkaz: O glamour, a sensação de dever comprido quando vendo a roupa de um estilista com perfeição e profissionalismo.

CBA: Quais os seus estilistas favoritos ?
Lukkaz: São muitos, vou dar preferência aos nacionais para não estender muito a resposta. Allex Kangala, Soraya da Piedade, Nadir Tati, Kilumba, Tekasala e Shunnoz entre outros.

CBA: Quais as suas marcas favoritas?
Lukkaz: Dianthus D´Kangala, Sacoor, Salsa, Maximo Dutti.

1512720_637228903003610_786277607_n

CBA: Algum conselho para as pessoas que vão ler esse papo?
Lukkaz: Se estão a ler é porque gostam de moda, acompanham o meu trabalho ou são “Carregados”, por isso continuem fieis, e façam com que esse trabalho possa ser conhecido por outras pessoas partilhando e divulgando caso gostem. Para quem quiser saber mais sobre mim deixo o link da minha página oficial https://www.facebook.com/pages/Lukkaz-DK-Oficial/466207323522276

CBA: Então alguma sugestão ou alguma recomendação para o Carrega by Ac?
Lukkaz: Continuem a trabalhar com humildade, dedicação e profissionalismo, só assim chegamos longe.

Eu (Acelga Esteves) também amei bater um papo consigo e acredito que as pessoas vão gostar da entrevista, desejo que todos seus objectivos sejam concretizados, você merece. Mais uma vez obrigado 😀

É nacional, é bom é o Carrega by Ac.

Carrega gente … não custa nada

XOXO

One thought on “Papo Carregado com Lukkaz DK

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s